O Flamengo tem apenas duas derrotas em 18 jogos na temporada. Contudo, a quantidade de gols que a equipe tem sofrido deixa o alerta ligado. A equipe vem em uma sequência de quatro jogos sendo vazada. Em relação aos dois últimos compromissos, em específico, contra Fluminense e Peñarol, o goleiro Diego Alves acredita que existam semelhanças entre as jogadas que ocasionaram os gols dos adversários, mas garante que o Fla está trabalhando para corrigir isso.

Em coletiva concedida na manhã desta quarta-feira (10), o camisa 1 alertou que as jogadas foram em lances de contra-ataque, que o Fla precisa atentar para tal questão. Apesar disso, o atleta destacou que a equipe não pode ficar “obcecada” por isso e deixar que atrapalhe.

– Hoje a bola parada é uma das mais importantes. Muito trabalhada por todos os times. Se você olhar bem, as jogadas de gols do Fluminense e o Peñarol foram de contra ataque. Não vou considerar normal, porque tomar gol não é normal. Mas pode acontecer. Estamos corrigindo, tem que ser corrigido. Mas não vejo como um fator que tenha que ser tao obcecado. É coisa do jogo. É uma situação que pode acontecer, mas que podemos melhorar. A gente trabalha sempre pra melhorar os aspectos negativos –, disse o arqueiro.

Vale destacar que, apesar de os números defensivos não serem tão expressivos quanto se espera, Diego Alves tem apresentado bom rendimento frente à meta rubro-negra. Prova disso é que ele foi o goleiro com mais defesas difíceis nas três primeiras rodadas da Libertadores. Agora, ele se prepara para tentar mais uma boa atuação na competição, uma vez que o Fla volta a campo nesta quinta (11), para encarar o San José, em duelo marcado para as 21h, no Maracanã.

Fonte:
https://colunadoflamengo.com/2019/04/diego-alves-ve-semelhanca-nos-ultimos-gols-sofridos-pelo-flamengo-tem-que-ser-corrigido/

CURTIU A NOTÍCIA? DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite o seu nome