Companheiro do atacante peruano também no Corinthians, Willian Arão aleta para os perigos do jogo contra o Internacional

Depois de três anos com a camisa do Flamengo, o atacante peruano Paolo Guerrero, de 35 anos, será adversário novamente nesta quarta-feira. O atacante, agora, defende o Internacional. Os times se enfrentam às 16h (de Brasília), no Beira-Rio.

Companheiro de Guerrero no Flamengo e no Corinthians, Willian Arão conhece os pontos fortes do jogador. Ele pede atenção com o atacante nesse reencontro.

– Não conversei com o Guerrero. Jogamos juntos no Corinthians e aqui. Grande jogador, temos que marcar firme e não dar espaço. O Rodrigo Caio não joga. Da defesa, ele é o único que não estava aqui no ano passado. Os demais conhecem bem o Guerrerio. Não só com Guerrero, mas temos que estar atentos com todo o ataque do Inter, que é bem forte – comentou Arão.

Hoje, o Flamengo conta com jogadores em grande fase no ataque, principalmente Bruno Henrique, artilheiro do time na temporada com 11 gols. Mesmo assim, ainda há o respeito pelo peruano.

– O que eu posso falar que ele é um grande jogador, grande companheiro. Sabíamos da importância que ele tinha para o time. Hoje temos jogadores com características diferentes – disse Arão.

Outros trechos da entrevista

Sequência de três jogos fora

É mais difícil jogar na casa do adversário. Mas os gramados do Beira-Rio, Morumbi e o campo do Peñarol são ótimos. Estádios que podemos colocar nosso toque de bola. É difícil, mas podemos buscar os resultados fora de casa.

Cansaço

Esse negócio de poupar é com Abel. Sem dúvida temos um desgaste, não somos robôs. Mas estamos muito bem preparados, fizemos uma boa pré-temporada boa. Se o Abel quiser, estaremos preparados. Quem entrar vai estar 100%. Temos um elenco forte.

Bom início no Brasileiro

Sabemos da nossa capacidade, da nossa qualidade. Sabemos que podemos fazer uma boa campanha. Se o título vai vir é outra coisa. Mas sabíamos que começar bem o Brasileiro era importante. Saímos atrás e mostramos poder de reação. A forma como jogamos nos dá confiança.

Fonte:
https://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/flamengo-vive-expectativa-de-reencontro-com-guerrero-marcar-firme-e-nao-dar-espaco.ghtml

CURTIU A NOTÍCIA? DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite o seu nome