O Vasco tentou, mas não obteve êxito: a 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) negou, nesta segunda-feira (20), pedido do Vasco da Gama contra a concessão da administração do Maracanã ao Rubro-Negro, cedido pelo Governo do Estado no último mês de abril.

Em sua decisão, o desembargador relator Mário Assis Gonçalves justificou a negativa baseado em um tripé, onde elencou seus argumentos: a crise financeira pela qual passam os clubes cariocas, o Campeonato Brasileiro em andamento e a falta de opções para a realização de jogos, uma vez que apenas o próprio Vasco e o Botafogo têm onde mandar seus jogos. Vale ressaltar que da decisão cabe recurso.

Segundo o magistrado, sua decisão evita “maiores prejuízos não só para os clubes, mas também para a população”, relembrando que assim como as instituições, o Estado passa por crise financeira e não tem condições, no momento, de administrar o Maracanã.

Apesar da decisão distinta da almejada pelo Vasco, o desembargador elencou os argumentos do clube em sua narrativa, explicitando a forma como se deu o processo da concessão do Maracanã sem necessidade atual de licitação. Estado e Ministério Público Estadual também foram provocados, para, em 10 dias, prestarem informações e se manifestarem.

Fonte:
https://colunadoflamengo.com/2019/05/e-nosso-justica-nega-liminar-ao-vasco-e-mantem-maraca-para-dupla-fla-flu/

CURTIU A NOTÍCIA? DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite o seu nome